Doenças causadas pelo colesterol alto

Doenças causadas pelo colesterol alto

No artigo passado mostrei algumas doenças causadas pela falta de atividade física. Dessa vez, irei mostrar algumas doenças causadas pelo colesterol alto.

Primeiramente é bom saber que existem dois tipos de colesterol, o bom (HDL) e o ruim (LDL).

O colesterol bom HDL é fundamental para a saúde para manter o funcionamento correto do organismo e para manter o bem-estar.

Já o colesterol ruim LDL é o colesterol mau. Quando o nível de colesterol LDL está alto começa a haver deposição de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, dificultando a passagem do sangue o que pode acarretar em vários problemas de saúde.

E nesse artigo abordarei algumas doenças causadas por esse tipo de colesterol. E apesar de não apresentar sintomas, essa doença pode trazer consequências graves como entupimento de vasos sanguíneos e infarto, podendo levar à morte em alguns casos.

Destaco aqui que o colesterol alto pode ser causado por diversos fatores como falta de atividade física, má alimentação, cirrose, insuficiência renal; diabetes, consumo excessivo de álcool, hipotiroidismo, porfiria, etc.

Agora, te convido assistir o vídeo abaixo onde o Dr. Dayan Siebra explica melhor sobre o colesterol, assista:

Doenças causadas pelo colesterol

O colesterol ruim alto aumenta o risco de doenças cardiovasculares, como:

Hipertensão

Hipertensão riscos

A hipertensão é uma doença perigosa e uma das suas principais causas é o colesterol alto. Isso porque o colesterol alto aumenta a deposição de gordura nas artérias, endurecendo os vasos sanguíneos e dificultando a passagem do sangue, o que necessita uma força maior do coração para o bombeamento do sangue.

E uma das melhores maneiras de prevenir ou controlar a hipertensão é cuidando do nível do colesterol ruim e bom.

Infarto

Infarto pode ser causado pelo aumento do colesterol ruim

Você quer prevenir o infarto? Então mantenha os níveis normais do seu colesterol!

O excesso do colesterol ruim LDL causa doenças vasculares porque se deposita na parede interna das artérias e gradualmente vai formando uma placa chamada ateroma. Estes ateromas vão obstruindo gradualmente as artérias e podem acabar causando o infarto agudo do miocárdio e AVC.

Aterosclerose

Aterosclerose

Aterosclerose, é quando ocorre o acúmulo de placas de gordura, colesterol e outras substâncias nas paredes das artérias, o que restringe o fluxo sanguíneo e pode levar a graves complicações de saúde.

E uma das principais doenças causadas pelo colesterol alto é a aterosclerose, já que o colesterol se acumula nas paredes das artérias, dificultando a passagem do sangue.

Insuficiência cardíaca

Insuficiência cardíaca pode ser causada pelo colesterol alto

A insuficiência cardíaca se caracteriza quando o coração não está bombeando sangue suficiente para atender às necessidades do corpo.

Esse problema de saúde ocorre por diversas causas como pressão alta, diabetes, miocardite, colesterol alto, valvulopatias, entre outros.

O colesterol alto prejudica o fluxo sanguíneo nas artérias e uma das suas consequências é dificultar o bombeamento de sangue do coração.

O que fazer para controlar o colesterol?

Ter um estilo de vida saudável é fundamental no controle do colesterol ruim.

Ter uma dieta equilibrada e saudável junto com a prática regular de atividade física é crucial para manter saudável o nível do colesterol.

Abaixo eu selecionei alguns alimentos que pessoas devem comer para colesterol ato:

  • Arroz integral;
  • Pão integral;
  • Amêndoa;
  • Avelã;
  • Nozes;
  • Peixe;
  • Carne vermelha magra;
  • Frango grelhado;
  • Frutas;
  • Verduras;
  • Legumes.

E o que não comer para baixar o colesterol alto?

Segue a lista:

  • Margarina;
  • Manteiga;
  • Óleo;
  • Queijos amarelos;
  • Carnes gordurosas;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Doces em geral;
  • Vísceras de animal.

4 doenças causadas pela falta de atividade física

Doenças causadas pela falta de atividade física

A falta de atividade física pode prejudicar a saúde, afinal, a atividade física é muito importante para manter a forma e melhorar a saúde e bem-estar.

E a pessoa que não faz exercício físico não está ajudando sua própria saúde e a esta prejudicando. A falta de atividade física pode trazer muitas doenças para a saúde.

Diversos estudos científicos já provaram que pessoas que não praticam atividades físicas correm sérios ricos de desenvolver diversas doenças, já que a falta de atividade física é um fator de risco para diversas doenças.

Por isso, nesse artigo irei citar as principais doenças causadas pela falta de atividade física que a meu ver pode ser fatais para sua saúde.

Doenças causadas pela falta de atividade física

1- Obesidade

O sedentarismo pode causar obesidade

Uma das principais doenças causadas pela falta de atividade física é a obesidade. Afinal, pessoas que não praticam atividades físicas correm sérios riscos de se tornarem obesos, ainda mais se eles não se preocupam em seguir uma dieta equilibrada.

E uma das principais formas de combater a obesidade é fazendo atividade física regularmente. E a atividade física ajuda na redução da gordura corporal.

2- Hipertensão

Hipertensão riscos

A hipertensão é caracterizada por níveis elevados e sustentados da pressão arterial.

Infelizmente, o número de pessoas hipertensas está cada vez crescendo. Uma pesquisa feita pelo IBGE mostrou que 21,4% da população acima de 18 anos já sofrem com pressão alta e esse número cresce com o avanço da idade.

Existem muitas causas da hipertensão e uma delas é a falta de atividade física.

A pessoa que não faz exercício físico tem grandes ricos de desenvolver hipertensão porque o coração fica mais frágil e cresce a tensão acima do normal exercida pelo sangue sobre as paredes dos vasos de um determinado órgão o que aumenta a pressão.

Assim como a obesidade, a hipertensão é uma doença que pode desencadear outros problemas de saúde. E uma das melhores maneiras de combater ou prevenir essa doença é praticando atividade física regularmente.

O motivo é porque o exercício promove uma diminuição da força e do número de batimentos cardíacos, além de deixar os vasos sanguíneos periféricos mais dilatados.

3- Diabetes

Diabetes

O diabetes é uma doença perigosa e cada vez cresce no mundo. Além da má alimentação, a falta de atividade física intensifica muito a aparição desse grave problema.

Com a falta de atividade física o organismo tem mais dificuldade para utilizar a insulina, com isso o carreamento da glicose sanguínea para dentro das células fica prejudicado e causa um aumento nos níveis da glicose sanguínea.

E a prática regular de atividade física é um ótimo aliado contra a diabetes por ajudar o organismo a usar melhor a insulina.

O vídeo abaixo mostra como a prática de atividade física pode combater a diabetes, veja:

4- Osteoporose

A falta de atividade física pode causar osteoporose

A osteoporose é uma doença causada por uma redução na densidade dos ossos do corpo. Com isso eles ficam mais fracos e sensíveis e, portanto, mais sujeitos ao risco de fratura.

E a melhor maneira de prevenir esse problema é praticando atividade física. Isso porque a atividade física fortalece os ossos o que ajuda a prevenir a doença.

Além disso, a atividade física também ajuda a fixar o cálcio nos ossos, o que é fundamental para evitar a doença.

Veja o que o Dr. Uronal Zancan diz sobre a osteoporose:

Qual atividade física fazer?

Existem muitas opções de atividade física.

Se você não gosta de academia, não tem problema. Existem inúmeras opções de atividade física que você pode estar fazendo sem precisar ir a academia. Além disso, hoje é muito comum grupos de pessoas que se reúnem para fazer alguma atividade.

Veja a lista de atividades físicas que você pode estar fazendo:

  • Yoga;
  • Musculação;
  • Crossfit;
  • Pilates;
  • Musculação;
  • HIIT:
  • Hidroginástica;
  • Natação;
  • Trekking;
  • Escalada;
  • Corrida;
  • Caminhada;
  • Dança de salão;
  • Dança do ventre;
  • Lutas em geral;
  • Power Jump;
  • Handball;
  • Alongamento;
  • Patins;
  • Stand up paddle;
  • Pole dance;
  • Bike;
  • Zumba;
  • Surf;
  • Tênis;
  • Circuito;
  • Remo;
  • Skate;
  • Slackline.

Hipertensão pode causar impotência? Veja aqui!

HipertensãoHipertensão ou pressão alta é considerada uma doença que não tem sintomas, no entanto, uma possível complicação por causa da doença pode ser gerada ou por devido ao tratamento: a disfunção erétil, termo utilizado para impotência sexual.

O que é a disfunção erétil ou impotência?

O que é disfunção erétilA incapacidade de atingir ou manter uma ereção suficiente para permitir o prazer sexual satisfatório.

Isto pode ter consequências importantes atingindo a sua autoestima e até mesmo, fazendo você se questionar sobre sua masculinidade, bem como os problemas de estresse na família podem ser gerados.

Este distúrbio não tem nada a ver com falta de apetite sexual, falta de prazer, orgasmo na relação ou rápida ou retardada ejaculação.

Ao mesmo tempo em que você deve descartar outras lendas associadas com a ocorrência desta doença com a masturbação excessiva ou aqueles mitos que se relacionam com a esterilidade.

Não é algo para se envergonhar. É uma patologia que é reversível e tem tratamento.

Entretanto, antes que você tome algum remedio para impotência masculina, é necessário você entender um pouco mais desse problema e como combatê-lo da forma mais segura possível.

Afinal, em vários casos é possível que o hipertenso combata a impotência sexual naturalmente, sem o uso de remédios para impotência masculina.

Muitas vezes, a disfunção erétil acomete pacientes hipertensos

Estima-se que 14% dos pacientes hipertensos tratados com anti-hipertensivos tem esse problema em algum momento de suas vidas, quer por sua própria hipertensão ou pelos tratamentos utilizados.

Hipertensos que também fumam, têm 13% mais chances de passar pela situação. Da mesma forma que acontece se você é diabético, tem uma doença cardíaca congênita ou colesterol alto.

Metade da população com mais de 40 anos, com ou sem hipertensão, sofreu com um episódio de disfunção sexual, sendo alta ou moderada em 65% dos casos, o que significa que no mundo afeta milhões de homens.

Mas como ocorre a ereção?

A estrutura do pênis é composta por tecido esponjoso que contém um grande número de vasos sanguíneos, as paredes destes vasos em condições normais são recolhidas e fazem com que o fluxo sanguíneo seja pequeno e o pênis fique flácido.

Quando a excitação sexual ocorre ativa o sistema nervoso e os vasos do pênis para expandir rapidamente, inserindo uma quantidade maior de sangue, enquanto que as veias do pênis comprimem gerando a ereção.

Existem muitas causas de disfunção sexual

Tem sido pensado que era apenas causa psicológica ou o resultado inevitável do envelhecimento, agora se sabe que na maioria dos casos, o problema é físico.

As causas podem tornar-se as artérias rígidas, com calibre inferior e arteriosclerótica é o nível elevado de colesterol no sangue, a diabetes, o tabagismo, a pressão arterial elevada e um trauma na região pélvica.

Hipertenso deve parar de fazer sexo?

É sabido que a pressão arterial aumenta realmente em uma parte limitada durante o ato sexual.

No entanto, para atividade sexual, cada parte do costume diário, não há nenhuma razão para modificar.

Posso ter dificuldades sexuais ao tomar medicação para pressão?

O efeito próprio de redução da pressão sanguínea é suficiente para produzir uma disfunção erétil transitória, até que o corpo se adapta aos novos valores de pressão.

Foi observado que em alguns pacientes uma determinada medicação pode causa diminuição do desejo ou da capacidade de ter ereções nos homens.

Entre esses elementos que podem afetar o desejo sexual estão:

  • Diuréticos: o grupo das tiazidas, especialmente quando associada com outros remédios, são uma causa de problemas durante a ereção, ejaculação e, também, associado a perda de desejo sexual. Nas mulheres, os diuréticos causam menos lubrificação vaginal, espironolactona que pode ainda gerar a perda da sensibilidade na glândula mamaria e ter efeitos antidepressivos e ansiolíticos provocando problemas no orgasmo.
  • Os beta-bloqueadores: eles podem alterar a função sexual normal, particularmente reduzir a libido e os problemas de ereção.

O que posso fazer se eu tiver disfunção erétil?

O que posso fazer se eu tiver disfunção erétilNão hesite em falar com o seu médico, o maior obstáculo pode ser a sua hesitação em falar sobre este tema.

A maioria dos casos é tratável se a origem é o tratamento anti-hipertensivo é possível ajustar a dose ou indicar outra de eficácia semelhante, mas com menos possibilidade de produzir a disfunção erétil.

A alimentação e um estilo de vida saudável é considerado hoje, o melhor tratamento para vários problemas e doenças, e a impotência é uma delas.

Sendo assim, tenha uma alimentação equilibrada consuma alimentos nutritivos e tenha uma dieta rica em alimentos vasodilatadores que são ótimos estimulantes para o fluxo sanguíneo e contribui para a melhora do desempenho sexual.

É importante que não tome remédio por conta própria como o azulzinho Viagra.

O médico é tem conhecimento suficiente para decidir as mudanças. Há uma série de opções de tratamento para escolher.

Às vezes o tratamento é tão fácil ou difícil quanto parar de fumar, parar de beber muito álcool ou outras drogas.

Você já leu esse artigo? 4 doenças causadas pela falta de atividade física

O Dr. Dayan Siebra fez um vídeo explicando tudo sobre a hipertensão, confira: